BLOG

O jeito Prefácio
21/05/2018

A afetividade pode ser uma entrega de comunicação criativa!

Antes de atender o que o cliente quer, procuramos entender o que ele deseja e compreender as necessidades do público-alvo. A comunicação exige uma percepção estratégica apurada e escuta fina.

Em meio a tantas campanhas realizadas pela agência para um mesmo cliente, o desafio é buscar formas criativas de comunicar. Muitas vezes, o que torna uma ação singular é justamente imprimir sensibilidade. O Dia das Mães, por exemplo, é uma data comemorativa importante, mas que muitas vezes cai no lugar comum.

Então, como inovar e repassar valores com uma ação de comunicação? Pensar fora da caixa é o principal exercício. Mas ele precisa estar embasado pelo conhecimento sobre o cliente e seu público: o entendimento da demanda para traçar objetivos reais, considerando as condições estruturais e financeiras; pesquisas; trabalho em equipe para um brainstorm rico; envolvimento e alinhamento entre agência e cliente.

Seguindo esses passos chegamos à ideia do Chá com as Mães, da ESAB, um formato de mini palestra simples, mas totalmente conectado à proposta da campanha. A partir do conceito “Ser mãe exige a coragem de ser imperfeita”, a equipe de Comunicação Interna da Prefácio preparou um momento especial para as colaboradoras mães da ESAB.

Gislene Duarte, que presta atendimento in loco, foi quem organizou a ação interna, com o suporte de Lorena Ramos, que trabalha no apoio ao cliente e acompanhou e registrou todo o encontro. Confira o que elas compartilharam conosco:

Um chá da tarde, uma boa dose de conversa, um delicioso encontro de experiências

“A palestra no formato de um bate-papo trouxe mais leveza ao encontro. O tema ’maternidade‘ foi abordado com uma proposta diferente, ressaltando como ser mãe exige, sobretudo, coragem e aceitação das imperfeições. Durante a dinâmica, as mães falaram sobre suas superações, sobre aquilo que não desejam mais para si e, ao final, houve uma troca de ’desejos‘, em que cada uma anotou em um papel algo ou situação que requer ajuda para resolver. Estes papéis foram trocados aleatoriamente, ficando cada uma responsável por apoiar a outra. Foi um momento de depoimentos, lágrimas e acolhimento” – conta Lorena Ramos.

A mediadora do encontro foi Mariana Lacerda, terapeuta ocupacional e educadora parental em disciplina positiva, que produz conteúdo e ministra workshops e treinamentos em suas redes sociais, como apoio aos pais na educação dos filhos. No encontro, Mariana criou toda a conexão do conceito com as dinâmicas que conduziu, de uma maneira acessível, respeitosa e agradável.

Mariana Lacerda é Terapeuta Ocupacional, Mestre em Ciências da Reabilitação e Doutoranda em Saúde da Criança e do Adolescente pela UFMG e EDUCADORA PARENTAL em Disciplina Positiva certificada pela Positive Discipline Association. É cocriadora do curso online Projeto 1000 dias. É pesquisadora do Projeto “Avaliação do desenvolvimento infantil e intervenção precoce em crianças de alto risco e suas famílias no Brasil”, no hospital Sofia Feldman, e da pesquisa “Teste de campo e validação transcultural de uma ferramenta para fornecedores sobre o desenvolvimento infantil (ECD – WHO) – estudo no Brasil”, realizado pela Organização Mundial de Saúde. Além disso, atua como palestrante e consultora em Desenvolvimento Infantil para escolas e famílias. Através de sua trajetória pessoal e profissional, entende e acredita que o afeto em família, na escola e na comunidade é a chave para o desenvolvimento da criança. Seus estudos são pautados por abordagens da Antroposofia, Pedagogia Waldorf, Reggio Emilia, Emmi Pikler, Montessori, Integração Sensorial e Disciplina Positiva.

http://marianalacerda.com.br/videos.html

https://www.facebook.com/marianalacerdaoficial

Ao final, foi servido um lanche, acompanhado de conversa e agradecimentos. As mães levaram de presente o livro A Arte de Ser Imperfeito e um cartão. A ação foi realizada na matriz da empresa, em Contagem/MG.

“A ideia foi criar um momento especial para as mães e lembrá-las que não estão sós! A Prefácio se preocupou em realizar tudo de maneira muito alinhada e cuidadosa. O resultado foi muito satisfatório!” – explica Gislene Duarte.