BLOG

← Voltar
Para você
17/10/2016

Memória empresarial: por que sua empresa precisa de lembranças tangíveis

Por Alexandre Magalhães

Prefácio Comunicação

Cresce a cada dia a preocupação das organizações em registrar os episódios e dar destaque aos personagens que são parte de sua história. O investimento faz todo o sentido, uma vez que empresas e instituições conhecidas pela solidez e que se tornam referência no segmento em que atuam, em geral, se valem permanentemente do passado para tomar decisões que garantam a perenidade e a evolução constante do negócio.

Apontar caminhos

Registrar a trajetória de uma organização não se trata, portanto, de mero exercício de vaidade daqueles que a dirigem – como erroneamente alguns possam pensar –, mas é prova de maturidade. Afinal, este olhar atento ao retrovisor pode facilitar a identificação de falhas já cometidas e apontar caminhos que venham a contribuir para a superação de dificuldades vividas no presente e ampliar as possibilidades de sucesso futuro.

Valorizar quem faz a história

Preservar a memória é também valorizar o esforço daqueles que, de uma maneira ou de outra, contribuíram para a construção de uma história. Sob a perspectiva dos colaboradores que por ali passaram é uma forma de mostrar que sem a sua presença nada teria sido possível. Isso mostra a gratidão por aqueles que estiveram ao lado das empresas e instituições e desperta nos colaboradores atuais o sentimento de que são igualmente importantes para a organização e que seu esforço é percebido, o que torna mais sólidos os laços de pertencimento – tão importantes para garantir satisfação e produtividade.

Capacidade para se adaptar

Para o público externo, por sua vez, o investimento em memória também revela a preocupação que uma empresa ou instituição tem em se manter organizada e sua capacidade de adaptar-se à realidade, especialmente em um país como o Brasil. A conclusão, neste caso, é óbvia: se foi capaz de atravessar tantas intempéries – trocas súbitas de governo, planos econômicos erráticos, mudanças de moeda, entre outras vicissitudes que têm caracterizado a história brasileira –, é sinal de que a empresa/instituição tem fôlego suficiente para seguir adiante e de que nela é possível confiar.

Cuidar da memória é zelar pelo patrimônio físico e intelectual e a Prefácio pode ser sua parceira nesta prazerosa tarefa.

Quer registrar sua história? Fale com a gente!

Registrar os fatos e os personagens que ilustram a história de uma empresa ou instituição oferece múltiplas possibilidades a quem se dedica a este trabalho. Este resgate pode se dar tanto por meio de publicações especiais impressas ou digitais quanto por outros canais de comunicação, como exposições físicas ou virtuais, campanhas e eventos comemorativos, entre outras maneiras de apresentar ao público interno e externo este rico conteúdo.

A Prefácio oferece todas estas possibilidades às empresas e instituições. O trabalho é realizado por uma equipe multidisciplinar, que se dedica a cada projeto para construir a narrativa mais adequada a cada perfil.

Assim fizemos para empresas como a Nansen, especializada em equipamentos e soluções em energia elétrica, e a Lhoist, produtora de cal e outros minerais; instituições como a Cooperativa dos Anestesiologistas de Minas Gerais (Coopanest-MG) e a Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados (ABAD), e organizações do setor público, como a Empresa de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), entre outras.

Quer conhecer melhor este trabalho? Clique aqui http://prefacio.com.br/servicos