BLOG

← Voltar
Vinil
06/05/2016

Prince

Enquanto lê o post abaixo, curta alguns sucesso de Prince clicando aqui.

Prince Rogers Nelson (Minneapolis, 7 de junho de 1958 – Chanhassen, 21 de abril de 2016) foi um músico multi-instrumentista, ator e dançarino norte-americano, um dos maiores ícones pop de todos os tempos. Sua música mistura diversos gêneros como funk, R&B, soul, psicodelia, new wave, jazz, rock, pop e hip hop; teve influências dos artistas James Brown, Miles Davis, Jimi Hendrix, Sly and Family Stone, Earth, Wind & Fire, George Clinton e Carlos Santana. Visualmente, era uma combinação quase perfeita de Little Richard com Jimi Hendrix.

fotos 1

Prince tinha a habilidade de juntar elementos de todos os estilos fazendo uso de sintetizadores e bateria eletrônica, desde o fim dos anos 1970. Considerado um perfeccionista, tinha a imagem de uma pessoa difícil de se trabalhar e era altamente protetor de sua música – escrevia, compunha e produzia todas as suas canções, além de tocar todos os instrumentos nos seus álbuns.

Seus primeiros discos tiveram algum destaque, mas foi só em 1982, com o álbum 1999 que ele conseguiu o seu primeiro grande sucesso. O disco que estourou mundialmente foi Purple Rain, lançado junto com o filme de mesmo nome, em 1984. Vendeu mais de 20 milhões de cópias e ficou 24 semanas consecutivas na parada Bilboard 200 – Prince aparecia como estrela do filme, single e álbum número 1 dos EUA.

Depois de ver sua filha de 11 anos ouvindo canção Darling Nikki, Tipper Gore – mulher do então vice-presidente dos EUA, Al Gore – ficou escandalizada e trabalhou para a criação da Parents Music Resource Center, responsável por colocar um selo de aviso em álbuns com letras consideradas violentas ou sexualmente explícitas.

Em 1985, Prince lança Around The World In A Day, e Sign O´The Times em 1987, um álbum duplo que entra para a lista dos 100 melhores álbuns de todos os tempos da Rolling Stone e da revista Time. Seu trabalho seguinte,Lovesexy desaponta nas paradas, também causou polêmica por sua capa, onde Prince aparece nu.

fotos 2

Em 1989, ele volta ao número 1 com o hit Batdance da trilha sonora do filme Batman. No mesmo ano, ele gravariaLike a Prayer com Madonna, sendo coautor (mas não creditado) das canções Like a Prayer, Keep It Together, Act of Contrition e Love Song. No ano seguinte, ele experimentou um sucesso “por tabela” com uma canção sua, que se tornou uma das mais executadas na época: Nothing Compares 2 U, gravada por Sinead O’connor.

Lança Diamonds and Pearls, em 1991, que marca a estreia de sua nova banda, The New Power Generation (desde 1984 ele trabalhou com a The Revolution). O álbum seguinte é The Love Symbol Album, que não continha seu nome na capa, apenas um símbolo impronunciável e, em 1993, ele trocou seu nome por esta marca que junta os símbolos masculino (♂) e feminino (♀). Ele definiu ser chamado de “o Artista”, devido a uma briga judicial com sua gravadora Warner Bros, que tornou o nome “Prince” uma marca registrada dela. Quando descobriu que os originais de suas gravações não lhe pertenciam, resolveu encerrar seu contrato entregando suas piores músicas em discos fracos no início dos anos 1990, e também passou a escrever a palavra “Slave” (escravo) em seu rosto.

Em 1999, Prince assina novamente com uma grande gravadora, Arista Records, para lançar Rave UN2 The Joy Fantastic. Depois grava dois álbuns com influência do jazz: The Rainbow Children, em 2001 e em 2003, N.E.W.S, um registro instrumental que foi indicado para o prêmio Grammy de Melhor Álbum Pop Instrumental.

fotos 3

Em 2002, Prince lançou seu primeiro álbum ao vivo, One Nite Alone… Live!. Em 2004, foi induzido ao Hall da Fama do Rock and Roll, quando tocou While My Guitar Gently Weeps (de George Harrison/Beatles). Depois produziuMusicology, álbum que foi o primeiro das paradas em cinco países e que lhe deu dois Grammy e, em 2007, fez o CD Planet Earth, do qual ofereceu três milhões de cópias com a edição do jornal britânico Mail On Sunday.

Prince se casou duas vezes; primeiro com a dançarina Mayte Garcia, de quem se separou em 2000, e a segunda esposa foi Manuela Testolini, de quem se divorciou em 2006 – no entanto, não deixou nenhum filho.

Em 1991, ele fez sua única apresentação no Brasil, no Rock in Rio. Poucas horas antes de aparecer no local do show ele exigiu que todo o seu camarim estivesse iluminado pela cor púrpura. Ainda pediu máscara de oxigênio e um piano branco de cauda na suíte de seu hotel.

Prince fez mais de trinta álbuns de estúdio, quatro deles entre 2014 e 2015. Depois de sua morte, foi encontrado no cofre de sua casa um acervo de milhares de músicas inéditas.