NOTÍCIAS

Dicas de Comunicação
17/08/2017

A importância do design para empresas

Antes visto como a ferramenta para deixar as peças “bonitinhas” ou “legais”, o design tem mostrado cada vez mais a sua importância quando o assunto é comunicação empresarial. Essencial para ganhar a atenção das pessoas na enxurrada de informações atuais, o design no mundo corporativo ganhou proporções incalculáveis. Vamos ver?

Identidade é tudo

Pense nas marcas que você mais vê ou utiliza no seu dia a dia. Agora, lembre da logo e de uma peça que viu dessa empresa. Você pode não recordar exatamente o que estava escrito nesse material, mas com certeza identificou que essa peça era da marca em questão.

Isso nada mais é do que a identidade visual de uma empresa. São as diretrizes do seu design que fazem com que, independente do conteúdo, você consiga identificar a quem aquilo pertence.

O design para empresas na era dos padrões visuais

Uma tendência nas empresas multinacionais é estabelecer a criação de design corporativo rígido que padroniza as peças produzidas nas unidades de todo o mundo. Esses padrões são essenciais no ponto de vista da identidade da empresa, mas muitas vezes enrijecem tanto o desenvolvimento das peças que dificultam criações diversificadas.

Casos como estes são um grande desafio para as equipes de design, que precisam inovar sem perder como ponto de partida as métricas estabelecidas pelas empresas. Mesmo que com cuidado e respeito aos padrões, os profissionais da criação não devem nunca perder de vista a necessidade de atrair a atenção de seus stakeholders.

Fontes padrões ou lettering

Cada vez mais utilizado por designers de todo o mundo, o lettering é um tipo de arte em que cada letra ou fonte é desenhada para transmitir, por meio dos traços, a mensagem foco daquela peça. Com um forte potencial de diversificação, essa estratégia pode ser utilizada em peças corporativas, com o cuidado de sempre conversarem com as fontes padrões de cada empresa.

Esse tipo de peça, mesmo que seja mais simples do que fotos ou ilustrações, carrega o valor de um bom design. Um bom cartaz em lettering é capaz de transmitir a mensagem aos públicos e reforçar o posicionamento e a identidade da empresa.

A arte certa para cada público

Assim como a mensagem, o layout das peças deve ser adequado o público ao qual o material é direcionado. Imagine uma peça para passar para crianças o crescimento do desmatamento de uma área. O que iria transmitir melhor a informação: uma ilustração com o número de campos de futebol que correspondem à área desmatada ou um gráfico numérico com a elevação desse espaço? A informação deve ser construída de forma assertiva, focada também no público com o qual quer falar. Ao se dirigir a crianças, é importante criar um design que represente a mensagem desejada de forma simples. Portanto, nesse caso, uma ilustração de campos de futebol traria mais resultados. Esse é o segredo do design para empresas: comunicar de forma segmentada.

Equilíbrio: a receita do sucesso

Agora que levantamos as diversas variáveis do design para empresas chegamos a uma palavra que coloca todas elas para trabalharem em conjunto: equilíbrio. Com ele, a identidade visual das empresas, seus padrões de criação, as especificidades de cada público e a necessidade de inovação podem trabalhar lado a lado, fazendo com que layout e texto se complementem e construam as mensagens a serem transmitidas para cada stakeholder.

Agora que já sabemos como alcançar o equilíbrio no design para a comunicação empresarial, é possível entender os impactos positivos que um planejamento de design e comunicação podem gerar para as empresas. O design leva a imagem da sua empresa para o mercado, seja na criação de peças simples ou complexas.