NOTÍCIAS

O jeito Prefácio
21/09/2017

Do analógico ao digital

DSC_0106

Se você é brasileiro e nasceu antes de 1994, como eu, quando chegou ao mundo não existia internet no país. Engraçado pensar nisso, não é? Também acho. A internet é tão presente em nossa rotina que é impossível pensar que um dia as pessoas viveram sem ela.

O mundo evoluiu e senti que eu precisava evoluir também. Quando comecei a trabalhar como jornalista profissional, olha que nem foi há tanto tempo assim, o ano era 2012, as empresas investiam mais em revistas e jornais impressos tanto para seus colaboradores quanto para seus clientes.

Com a evolução da internet e das redes sociais, o acesso às informações ficou mais rápido e fácil. As empresas acompanharam as tendências do mercado e passaram a investir também em marketing digital.

Percebi que eu precisava aprender mais sobre o assunto, afinal textos da web são muito diferentes dos impressos. Continuo redigindo jornais e revistas impressas, que continuam bem vivos, mas agora atuo também no mundo virtual. Quer saber o que estou fazendo para conseguir me adaptar? Leia abaixo:

1 – Entenda o que é Marketing Digital

Atualmente, existem pós-graduações e cursos sobre o assunto. Na própria internet, existem vídeos, e-books, textos e outros materiais bem interessantes. Estude muito.

2- Adapte seu jeito de escrever

Existem técnicas específicas de redação para o mundo virtual. Uso de intertítulos, hiperlinks, interações com o leitor são alguns exemplos. É preciso conhecer essas especificidades e aplicá-las.

3 – Treine muito

Provavelmente, quem escrevia para meios impressos, como eu, estava acostumado com uma linguagem mais formal e com textos maiores. O perfil do leitor online é diferente daquele que senta para ler o jornal ou a revista. No mundo virtual, as pessoas querem em poucos minutos conseguir as informações que desejam.

O mais legal disso tudo é que as mudanças continuam acontecendo! Não posso deixar de falar que aqui na Prefácio temos um núcleo de Mídia Digital, com uma equipe bastante antenada e que está me ajudando muito nessa transição.