NOTÍCIAS

Vinil
11/09/2017

Vinil – Caetano veloso – Transa (Philips, 1972)

O álbum Transa foi gravado durante o exílio que Caetano passou em Londres, entre 1969 e 1972, alcançando o status de seu melhor trabalho e também o de um dos mais inovadores da música brasileira. É uma série de colagens com cortes inusitados, mistura de idiomas, moderno e arcaico. MPB e rock n’ roll, jovem e velha guarda.

As músicas são carregadas de pessimismo misturado com esperança. A diferença do clima e a distância de tudo o que amava o fez criar uma obra saudosista, consumido pelo pensamento de que não poderia regressar ao Brasil tão cedo. “Meu coração está cheio de um ódio opaco”, escreveu Caetano em novembro de 1969, em um artigo para o jornal O Pasquim.

fotos caetano1

O regime militar entre as décadas de 1960 a 1980 ia contra qualquer ideia que contestasse sua autoridade. Gilberto Gil e Caetano Veloso eram agitadores culturais que usavam a poesia para questionar pensamentos preconcebidos; foram taxados de elementos da pior espécie pelos militares, porque pregavam a desobediência civil “induzindo a juventude ao mau comportamento”. Foram presos e deportados por serem considerados mais perigosos que os artistas que falavam abertamente sobre a situação social e política do país, pois esses podiam ser facilmente identificados.

Caetano Veloso obteve permissão para vir ao Brasil em janeiro de 1971 para participar da comemoração dos 40 anos de casamento de seus pais. O cantor foi interrogado por agentes do regime que o obrigaram a participar de um programa na TV Globo a fim de dissipar qualquer dúvida sobre sua integridade física; depois pediram que fizesse uma canção elogiando a rodovia Transamazônica – em construção na época. Ele não aceitou a “proposta” mas, no retorno à Inglaterra gravou o álbum Transa, lançado em janeiro de 1972, ano em que voltou definitivamente para casa.

fotos caetano2

O nome do disco é também uma referência à gíria que corria pelo país e que tinha diversos significados. “Transa” era sinônimo de relação sem compromisso e que acabou virando relação sexual. Transar alguma coisa era o mesmo que estar fazendo algo ou simplesmente curtindo algo. Mas não deixa de ser também uma denominação para transação.

Caetano foi acompanhado pela Outra Banda da Terra, que contava com a bateria e a percussão de Áureo de Souza e Tutty Moreno, o baixo de Moacyr Albuquerque e a guitarra e o violão de Jards Macalé. “A gente começou a ensaiar em um piquenique que fizemos no parque. Os arranjos eram coletivos, Caetano dava algumas ideias e cada um colocava sua parte, e eu finalizava”, lembra Macalé, que assinou a produção musical.

A primeira faixa do disco,You Don’t Know Me, contou com a participação de Gal Costa, que foi à Inglaterra para encontrar os amigos exilados. Em Nine Out of Ten foi a primeira vez que uma música brasileira tocou alguns compassos de reggae. Antes de Rolling Stones e Eric Clapton, Caetano descobriu o reggae em Portobelo Road, e se sentiu revigorado (“I’m alive and vivo, muito vivo, vivo, vivo…”).

Mora na Filosofia é um samba do gênio Monsueto. Triste Bahia, poema de Gregório de Mattos, se estica com um ritmo de afoxé e capoeira acelerado. It’s a Long Way, mais uma das músicas que mistura o inglês com o português, apresenta muitas variações no decorrer de seus seis minutos. Cheia de referências de composições de autores brasileiros de diferentes vertentes, tocou tanto nas rádios que todo mundo aprendeu pelo menos uma frase em inglês. Neolithic Man traz um pouco de experimentalismo e Nostalgia bebe no rock e no blues.

O produtor inglês do disco, Ralph Mace, ficou inconformado quando Caetano resolveu retornar ao Brasil, porque ele havia planejado um trabalho em conjunto do brasileiro com seu amigo, o cantor David Bowie. Para ele, Caetano deveria ficar mais um ano lá, já que o show que fizeram no Queen Elizabeth Hall surpreendeu a todos. Mas Veloso não curtiu Bowie, e eles estavam mais interessados em seus próprios trabalhos.

Em 2012, foi feita uma caprichada reedição remasterizada do disco no estúdio Abbey Road, o mesmo dos Beatles e do Pink Floyd. Nela, está creditada a participação da cantora Ângela RôRô tocando gaita em Nostalgia. “Ângela chegou apresentada por Glauber Rocha, que dizia que ela já era uma artista pronta”, disse Caetano. “Ela era muito jovem, muito musical e de grande personalidade.”

ROBERTO

Em 1971, Roberto Carlos estava de passagem por Londres e visitou o baiano saudoso. De volta ao Brasil, compôs (com Erasmo Carlos) Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos, em homenagem ao exilado que então ostentava uma vasta cabeleira. Quando Caetano retornou, fez para Roberto o sucesso Como Dois e Dois  (“Tudo certo como dois e dois são cinco”). A canção foi gravada no estúdio da CBS, em St. Louis/EUA; de tom romântico, sua letra podia ser interpretada como uma crítica, mas Roberto escolheu o blues como ritmo para driblar a censura da época – se bem que ele nunca precisou disso, politicamente ele era mais situação que meio termo.

fotos caetano3